Gerson Carreta

O futebol do interior é rico em histórias e personagens, seja no pampa, no cerrado, no centro, no sertão, cada um desses lugares com suas particularidades, seus clubes, suas dificuldades e sobretudo a vontade de fazer um bom time, uma boa participação no campeonato e quem sabe chegar ao time maior… Durante o tempo em que me dedico a buscar dados sobre o futebol muito me marca a década de 80, mais precisamente os anos de 1986, 1987 e 1988, época em que comecei a dar importância ao futebol, chamava a minha atenção folhar a Revista Placar, ver no tabelão os resultados e escalações, nesta época para quem lembra, vai encontrar no Juventude de Caxias do Sul um jogador chamado Gerson Oliveira ou como depois ficou conhecido Gerson Carreta, lateral que atuou por diversos clubes do Rio Grande do Sul, também com passagens pelo futebol Paulista, Catarinense e Pernambucano. Fiquei muito feliz em poder conversar com ele e acertar este bate papo aqui no Blog, poder contar um pouco de sua passagem pelos gramados e relembrar bons momentos de sua carreira. Em nome dos leitores, eu agradeço a sua disponibilidade e atenção em me atender e responder as peguntas, bem como fornecer fotos de seu acervo para ilustrar a nossa conversa. Obrigado e sucesso ao amigo!

12584134_1668484866702109_578741250_n

CAJU 1988 – Gerson Carreta, observa a disputa entre Gilson e Doroteu Silva

12606907_1668484833368779_1683747710_n

Campeonato Pernambucano de 1989 jogando nos Aflitos contra o Náutico

12606945_1668484803368782_19364450_n

No mesmo jogo pelo Pernambucano de 1989, novamente Gerson Carreta no lance…

12625814_1668485206702075_613169066_n

CAJU nos anos 80, Gerson Carreta na marcação contra meia Zico

12625864_1668485300035399_1370591999_n

Mais um CAJU, este em 1984

Revista Placar de 1988, destacando o futebol forte de Caxias do Sul.

sJ_poa_86

Em 1986, atuando pelo São José de Porto Alegre. Em pé: Gerson Carreta, Casagrande, Valderez, Paulinho, Jairo e Altair. Abaixo: Flavinho, Da Silva, Ciro, Alberi e Luisinho.

12606717_1668484776702118_31336616_n

Em 1990, Campeão da Segundona Gaúcha pelo Guarani de Venâncio Aires

12571444_1668484690035460_263929553_n

Sendo entrevistado em 1986 no Estádio do Passo D’Areia em Porto Alegre

12583902_1668484913368771_1612463399_n

Em 1989, na Seleção Gaúcha em excursão pelo Caribe. Ao todo foram 30 dias e 7 jogos em Curaçau, Bonaire, Venezuela, Aruba, Porto Rico e St Maarten

12584096_1668484996702096_2009956476_n

Em 1989 no Juventude, equipe que venceu o Grêmio por 4-3

12596101_1668485250035404_106931466_n

Em 1989 no Central de Caruaru, ao lado do colega Lima

12607341_1668485503368712_1644378982_n

No Glória de Vacaria em 1986

12625619_1668485426702053_267864509_n

Em 1988, enfrentando o Internacional

 

Nome completo?
Gerson Luiz Oliveira

Data e Local de Nascimento?
06/07/1964, Caxias do Sul

Filhos? Quantos?
Sim, 1 filho

Uma pessoa importante na sua vida?
Sofia Borreli, minha filha adotiva

Comida?
Salmão com Ervas Finas

Bebida?
Champanhe ou Água

Hobby?
Praia

Cor?
Azul

Time do Coração?
Para falar a verdade não tenho nenhum, porém, se tiver que escolher fico com o Juventude
Ídolo no Futebol?
Romário

Cantor?
Lionel Richie

Cantora?
Madonna

Um Lugar Bonito?
Aracajú (SE)

Ator?
Antônio Banderas

Atriz?
Fernanda Montenegro

Sempre quis ser Jogador?
Sim

Porque o apelido de Carreta?
Meu pai tinha empressa de caminhões e na época chamavam ele de carreta

Por onde você andou, durante a sua carreira? Onde iniciou? Por quais clubes você jogou? E onde parou?
Iniciei no Juventude (RS), passei pelo Glória (RS), São José (RS), Pratense (RS), Pradense (RS), Mogi Mirim (SP), Central (PE), São Paulo (RS), Guarani de Venâncio Aires (RS), Guarany de Garibaldi (RS), Brusque (SC) e Sombrio (SC)

Lembra do seu primeiro jogo no profissional?
Lembro, foi jogando pelo Juventude contra o Internacional de Lages

Qual o momento inesquecível da sua carreira?
Foi em 1987, quando jogando pelo Mogi Mirim, no Morumbi com 60 mil torcedores, ganhamos do São Paulo (SP) por 2-0.

Qual o seu jogo inesquecível?
Foi em 1989, jogando pelo Central, enfrentemos o Sport na Ilha do Retiro

Qual o gol mais bonito da sua carreira?
Foi em 1988 pelo Campeonato Gaúcho, um gol de falta pelo São Paulo de Rio Grande contra o Aimoré, vencemos por 4-1.

Esse gol em 1988 de falta, foi o único ou você fez mais algum desse tipo na carreira?
Ao todo fiz oito gols na minha carreira vários foram de falta

E você batia faltas ao estilo paulada ou colocada?
Paulada, eu era grosso! (risos)
A última vez que fui colocar uma falta foi contra o Grêmio aqui em Caxias do Sul, a bola bateu na barreira e voltou em um contra-taque que o centroavante Lima empatou o jogo,  quase me mataram. Sorte que no final do jogo o Marquinhos (ponta esquerda já falecido),  virou o jogo para 3-2.

Como era o Gerson Carreta em campo?
Forte na marcação pois na minha época lateral não apoiava tanto sabe se passar do meio do campo já o treinador reclamava. Mais eu apoiava bem, fui um dos primeiros a jogar o lateral com a mão dentro da área. Fizemos vários gol com bola no primeiro pau de casquinha.

Fez muitos amigos no Futebol? Algum em especial?
Sim vários mais um em especial, Capanema que jogou comigo no juventude

Qual o atacante mais difícil de marcar que você encarou?
Renato Gaúcho

E qual o melhor jogador, aquele que dá para chamar de craque, que jogou com você?
O falecido Enéas que jogou na Portuguesa, Palmeiras e Futebol Italiano

Qual o melhor técnico que você teve?
Tadeu Menezes

Na época em que você atuava, os gramados do interior eram bem complicados, mesmo assim, qual foi o melhor gramado em que você atuou?
Naquela época não tinha Gramado bom, nem um mesmo como hoje, mais o melhor ainda era do Alfredo Jaconi do Juventude

Com que idade você largou o futebol? Porque resolveu parar?
Parei com 29 anos, com uma lesão no púbis

Vendo o que acontece hoje, dentro e fora do campo, você diria que tudo está diferente da sua época?
Muito diferente, na minha época não tinha empressários e você só era contratado se o presidente ou algum diretor fosse olhar você jogar

Por falar em futebol de hoje, qual o jogador que você admira hoje? E qual faz uma função semelhante com a que você fazia?
Paulo Baier

Comparando o futebol de ontem e o de hoje, era mais fácil jogar na sua época ou hoje?
Hoje, pois tem todo o tipo de material e os gramados são bem melhores também

O que o futebol te deixou de lição?
Graças a Deus, aprendi a dividir as coisas e pensar em grupo e não ser o dono da verdade

Você continua acompanhando futebol? Você costuma ir aos estádios?
Não, não vou a jogos e pouco assisto pela televisão

Se tivesse a chance de voltar, de recomeçar, teria sido outra vez jogador? Teria ido mais longe com a carreira?
Não sei ao certo se seria jogador

Por que?
Acho que iria estudar para poder ter uma carreira como tenho hoje. Sólida e como tem um monte de jogador desempregado ou passando necessidade, fica difícil querer isso para você. Atualmente, estou a vinte anos numa empresa , jamais ficaria esse tempo todo em um clube.

Qual o conselho que você deixa para quem está começando agora com o futebol?
Hoje, o que esta faltando no meio do futebol é a honestidade e carater de assumir as coisas

O que um jogador de hoje precisa ter ou ser para ser bem sucedido?
Na verdade nem sei, pois vivemos em um mundo onde o dinheiro fala mais alto

Qual o pior defeito que um jogador pode ter?
A trairagem como falam na giria do futebol

Durante sua carreira de atleta, você deve ter vivido várias situações engraçadas, tens alguma em especial para nos contar?
Fomos jogar uma vez em Santa Rosa contra o Dínamo, como era o último jogo o presidente do clube, mandou irmos de carro. Ficamos com carro quebrado na estarda e chegamos no jogo 20 minutos atrasados e não deixaram a gente entrar se nao fosse pagando entrada do jogo pois o porteiro duvidou que eramos jogadores (Risos).

O que você faz da vida hoje?
Sou diretor comercial da Usina de Açucar Alto Alegre aqui no sul e representante da mesma a 20 anos

Estamos encerrando por aqui, alguma coisa que eu não perguntei e que você gostaria de ter falado?
Só de agradecer pelo carinho que tem tratado os ex-atletas do passado do futebol dando oportunidade de mostrar isso nas redes sociais pois naquela época a gente não tinha esse tipo de recurso, abraço!

Ficha do Atleta

gerson_carreta_perfil Apelido: Gerson Carreta
Nome: Gerson Luiz Oliveira
Data Nasc: 06/07/1964
Local Nasc: , Caxias do Sul, RSBrasil
Posição: Lateral
ID CBF: 89300
1984-1985 Juventude (Caxias do Sul, RS) Juventude (RS)
1986 Glória (Vacaria, RS) Glória (RS)
1986-1987 São José (Porto Alegre, RS) São José (RS)
1987 Mogi Mirim (Mogi Mirim, SP) Mogi Mirim (SP)
1988 Juventude (Caxias do Sul, RS) Juventude (RS)
1988 São Paulo (Rio Grande, RS) São Paulo (RS)
1988 Pratense (Nova Prata, RS) Pratense (RS)
1988 Pradense (Antônio Prado, RS) Pradense (RS)
1989 central_pe Central (PE)
1989 Juventude (Caxias do Sul, RS) Juventude (RS)
1990 São José (Porto Alegre, RS) São José (RS)
1990 Guarany (Garibaldi, RS) Guarany – GA (RS)
1990 Brusque (Brusque, SC) Brusque (SC)
1990 guaraniva Guarani – VA (RS)
1991 São José (Porto Alegre, RS) São José (RS)
1991 guaraniva Guarani – VA (RS)
1992-1993 Guarany (Garibaldi, RS) Guarany – GA (RS)
1993-1994 Sombrio (Sombrio, SC) Sombrio (SC)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: