Osvaldo

O convidado da hora, é o ex-meia Osvaldo, que entre outras façanhas, foi Campeão da América e Mundial Interclubes em 1983 pelo Grêmio. Osvaldo surgiu na grande equipe da Ponte Preta no final de década de 70, ficou no time de Campinas até 82, chegou no Grêmio em 83 ficando até o final do Brasileirão de 1986 (que acabou em 87), foi para o Santos em 87 e no segundo semestre esteve no Vasco da Gama, em 88 e 89, defendeu o Coritiba, em 90 o Comercial de Ribeirão Preto e em 1991 a Ponte Preta, quando largou a bola.

Grêmio - Campeão Mundial 1983

Osvaldo, terceiro na linha de baixo, Campão Mundial com o Grêmio em 1983

Osvaldo foi um dos melhores jogadores em sua posição, embora não fosse muito alto, possuía uma ótima impulsão, o que lhe rendeu vários e bonitos gols de cabeça. Tanto na Ponte Preta como no Grêmio, marcou época jogando na sua posição, fato curioso é que em 1981, 98.421 pessoas, das quais 85.751 pagantes, foram ao Olímpico (Maior Público do Estádio) no dia 24/04/1981, assistir a derrota do Grêmio para a Ponte Preta por 1-0, o jogo era válido pela Semifinal do Brasileirão, Osvaldo marcou o gol da vitória da Ponte, mesmo com a derrota o Grêmio seguiu em frente, pois havia vencido o primeiro jogo em Campinas por 3-2, vindo a na sequência a conquistar o Título Nacional, o fato é que jogando mesmo contra, Osvaldo já começava a escrever a sua história no Olímpico. Depois disso, só nos resta conhecer um pouco mais da história desse atleta, que sem dúvida deixou saudades por onde passou.

Seu nome completo?
Osvaldo Luiz Vital

Data e Local de Nascimento:
09/01/1959, Santa Bárbara d Oeste- SP

Casado:
Sim

Filhos:
Sim. Duas Francielly e Mirela

Uma Pessoa Importante:
Minha Mãe

Comida Preferida:
Peixe

Bebida Preferida:
Cerveja

Um Hobby:
Futebol e Jogos de cartas

Uma Cor:
Verde

Cantor:
Milionário e José Rico

Cantora:
Rita Lee

Uma Música:
Estrada da vida

Ator:
Antonio Fagundes

Atriz:
Gloria Pires

Livro:
O Oportunista

Um Lugar Bonito:
Rio de Janeiro

Time do Coração:
Palmeiras

Um Ídolo no Futebol:
Zico

Sempre quis ser Jogador?
Sim

Quem foi sua inspiração como jogador na sua posição?
Zico

Onde você começou a jogar na época de Juvenil e Junior?
Ponte Preta

Como foi começar no futebol? Muitas dificuldades?
Comecei no time do bairro e depois de ter sido rejeitado no Guarani depois de um ano consegui ser aprovado na Ponte Preta. O que foi sim uma dificuldade por não ter condições financeiras devido as atividades como costureira onde minha mãe auxiliava para o deslocamento para o clube via ônibus com as passagens.

Profissionalmente, você lembra do seu primeiro jogo? Onde foi? Em que ano? Qual o resultado da partida?
Meu primeiro jogo foi contra o São Bento na cidade de Campinas no ano de 1978 onde obtivemos a vitoria de 2-1.

Muita tensão na primeira partida?
Sim, por ser a minha estréia do Junior para o profissional

Por onde você andou, durante a sua carreira?
Passei pelos clubes: Ponte Preta (SP), Grêmio (RS), Santos (SP), Vasco da Gama (RJ), Coritiba (SP) e Comercial – RP (SP).

Você atuou naquele forte time da Ponte Preta, no final dos anos 70 e início de 80, o que faltou para aquela equipe chegar ao título Paulista de Brasileiro?
Sim atuei, no Paulistão, o que pesou foi ter jogar as partidas finais Capital, por força do regulamento, isso foi determinante.
No Campeonato Brasileiro obtivemos o melhor resultado, porem acabamos ficando em terceiro lugar.

Dá para dizer que este time da Ponte, em matéria de parceria foi o melhor time que você atuou? Ele era completo em praticamente todas as posições não é?
Sim, a parceria foi muito boa, porém não foi o único time; Grêmio também tinham a mesma característica. Não era completo porque todos os times tem suas dificuldades.

Um momento inesquecível na sua carreira?
O título Mundial de 1983.

Você integrou a equipe do Grêmio no título Mundial de 1983, como foi a preparação para este jogo? E como foi o jogo em si?
Sim participei, fomos uma semana antes para o Japão para adaptação do fuso horário e condições climáticas.
O jogo foi difícil, obtive cãibras e o frio intenso dificultava muito, o adversário Hamburgo era a base da Seleção Alemã.

Demorou para cair a ficha de que vocês tinham naquele momento conquistado um Mundial?
Não, já saímos do Brasil com o pensamento de buscarmos o título.

Em 1989, você estava no Coritiba, e participou de uma campanha promissora da equipe, mas que ao final, por motivos alheios ao campo, vocês acabaram rebaixados, como foi enfrentar isso?
Não jogamos por ordens do presidente do clube no que resultou em punição e rebaixamento do clube CBF.

Essa equipe do Coritiba de 1989, no papel era muito boa não é mesmo?
Sim era, tinha vários “craques” como: Tostão. Carlos Alberto, Paulo Vitor, Serginho ‘Cabeção’ dentre outros.

Uma partida inesquecível?
O Bi-Campeonato Gaúcho de 1986 onde fiz o gol que deu o título ao time.

Qual o seu gol mais bonito? Como foi?
Foi o gol de cabeça contra o Flamengo em 1984 no brasileiro, que foi por uma jogada pelo lado esquerdo que Paulo César cruzou na linha de fundo, na entrada da grande área.

Você fez muitos amigos no futebol? Qual a amizade que começo na época de atleta e dura até hoje?
Sim fiz muitas amizades, e tenho varias amizades que duram até hoje como: Renato Gaúcho, Dorival de Freitas, Paulo Bonamigo.

Ao longo de sua carreira, que foi o seu melhor companheiro de meio-campo?
O Dicá, na Ponte Preta.

Qual o melhor jogador, aquele que dá para chamar de craque, que jogou com você?
Dicá, Marco Aurélio, Zico, Romário e Roberto Dinamite.

Qual o melhor técnico que você teve?
O melhor técnico que tive foi: Valdyr Espinosa, Rubens Minelli, Cilinho e Zé Duarte.

Você como habilidoso jogador de meio campo, enfrentou vários marcadores, quem destes, que foi o mais mais difícil de ser ultrapassado?
Caçapava, Batista e Zé Carlos.

Qual o melhor gramado em que você jogou?
O Serra Dourada em Goiânia.

Quando e onde foi o seu último jogo?
Foi na Ponte Preta em 1992.

Como foi parar de jogar?
Parar de jogar foi difícil aceitar devido a idade e problemas de varias cirurgias no joelho.

Era a hora de parar? Ou dava para ter continuado?
Era a hora sim, pois meu joelho não suportava mais. Por isso resolvi parar.

Durante a carreira, nos momentos mais difíceis, você pensou em desistir?
Não, porque amava aquilo que fazia.

O que o futebol lhe ensinou?
Muitas amizades boas mas também muitas decepções.

Se tivesse a chance de voltar e recomeçar, teria sido outra vez jogador?
Sim, com certeza.

E depois da bola, o que você faz hoje?
Virei proprietário de uma Auto peças e mecânica.

Em muitos casos, o atleta larga a bola, mas a bola não larga o atleta, pelo visto, não é o seu caso. Porque você não quis ficar no meio do futebol, como técnico, auxiliar ou até mesmo dirigente?
Na época não tinha essas pretensões, mas hoje tenho intensão de fazer os cursos para futuramente vir a se tornar um dos exemplos dados.

Pensa em um dia ser técnico ou algo assim?
Sim, gostaria de começar como auxiliar.

Qual o conselho que você deixa para quem está começando agora com o futebol?
Ter mais amor a camisa e mais futebol ao invés de estrelismo.

O que um jogador tem que ter hoje para fazer sucesso?
Ter um bom empresário.

E o que não pode ter de maneira alguma, para não estragar a carreira?
Vícios e Egoísmo.

Na sua opinião, o futebol de hoje é melhor ou pior do que na sua época? Porque?
Hoje em dia é pior o futebol, porque a técnica de hoje não se compara com as de antigamente.

Quando era mais fácil de se jogar, hoje ou na sua época? Porque?
Hoje qualquer ‘Zé Mané’ consegue jogar em um bom time se tiver um bom empresário.

Para encerrar, quem na sua opinião é o melhor jogador em atividade no momento? No Brasil e No Mundo?
No momento, Neymar se destaca no Brasil e no Mundo Villa e Xavi.

Em nome de todos os amantes do futebol e de seus craques, eu agradeço a sua atenção em participar deste bate-papo.

Um Abraço!

Ficha do Atleta

osvaldo_gremio Apelido: Osvaldo
Nome: Osvaldo Luiz Vital
Data Nasc: 09/01/1959
Local Nasc: , Santa Bárbara d Oeste, SPBrasil
Posição: Meia
ID CBF: 67614
1977-1982 Ponte Preta (Campinas, SP) Ponte Preta (SP)
1983-1987 Grêmio (Porto Alegre, RS) Grêmio (RS)
1987 santosfc_sp Santos (SP)
1987 Vasco da Gama (Rio de Janeiro, RJ) Vasco da Gama (RJ)
1988-1989 Coritiba Coritiba (PR)
1990 Comercial (Ribeirão Preto, SP) Comercial – RP (SP)
1991 Ponte Preta (Campinas, SP) Ponte Preta (SP)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: