Alencar

Olá amigos, a ideia de trazer para o Blog entrevistas com personagens do nosso futebol tomou força e ganhou forma, e assim, mais um ex-jogador vem nos dar a honra de participar de um bate-papo. Hoje a conversa é com o ex-volante Alencar, que foi revelado pelo Cruzeiro de Belo Horizonte, no final da década de 80. Para minha alegria, o hoje técnico Alencar, nos conta um pouco de sua história ao longo de sua carreira. Quero desde já, agradecer a ele pela atenção dispensada em me atender e responder as perguntas.

Alencar

Alencar, vestindo a camisa do Democrata – SL (MG), último clube da sua carreira.

Alencar, Técnico

Depois de largar a bola, Alencar se dedica a carreira de treinador.

Segue abaixo o um pouco de sua história.

Nome Completo: Macylon Alencar Viana
Nascimento: 09/01/1971, Ipatinga (MG)
Casado: Sim
Filhos: Sim, 1
Uma Pessoa Importante: Minha Filha
Comida: Macarronada
Bebida: Cerveja
Hobby: Pescar e Jogar Bola
Cor: Verde
Time do Coração: Cruzeiro (MG)
Ídolo no Futebol: Zico
Cantor: Djavan
Cantora: Claudia Leite
Música: Oceano
Livro: O Jardineiro Fiel
Lugar Bonito: Belo Horizonte (MG)
Ator: Lima Duarte
Atriz: Fernanda Monte Negro
Sempre quis ser Jogador? Sim
Como foi iniciar no futebol? Foi muito bom, foi no Cruzeiro em 1982.
E a sua 1ª Partida? Eu quase fui a loucura, pois estava defendendo o meu time de coração.
Clubes na Carreira: Cruzeiro (MG) (Categoria de base de 1982 a 1988), na equipe principal atuei apenas em jogos amistosos. Como profissional, América (RJ) de 1988 a 1990, Villa Nova (MG) em 1990 até 1991, Anapolina (GO) de 1991 a 1993, Club Destroyers (BOL) em 1993 (3 meses), ainda em 1993, fui para o Democrata de Sete Lagos (MG), onde fiquei até encerrar a carreira em 1995. Em 1995, virei treinador, pretendo trabalhar em algum clube profissional no Brasil tenho ABTF, CREFF, estágios profissional no Ipatinga (MG) e Villa Nova (MG).
 Momento Inesquecível da Carreira: Foi no América (RJ) em 1989, quando eu joguei no Maracanã contra o Flamengo, enfrentei o meu ídolo (Zico), foi demais.
 Jogo Inesquecível: Minha estreia no America (RJ) contra o Fluminense (RJ)
Você fez parte do grupo do América, em 1988, porquê  não jogou a Copa União? Cheguei no América em 1988, como júnior, somente em 1989 é que subi para o profissional.
E como foi participar de uma épca em que o América, estava em declínio, perdendo força e prestigio dentro do nosso futebol? Foi muito triste, porque todos lá no Rio, gostam do América como seu segundo time…
Gol Inesquecível: Foi um gol de falta, no Campeonato Mineiro de 1990, em Nova Lima, contra o Cruzeiro, eu jogava no Villa Nova, na época, o Cruzeiro tinha um timaço, o goleiro na época era Paulo César.
Um Amigo no Futebol: Vandecir ex-zagueiro do Cruzeiro (MG), Fluminence (RJ), Vitoria (BA) e Americano (RJ)
Mesmo que curta, você teve uma passagem pelo futebol no exterior, na Bolívia em 1993, como foi jogar lá? Foi bom, mais não me adaptei a altitude, então, preferi voltar ao Brasil.
 Qual o atacante que mais lhe deu trabalho durante a sua carreira? Foram vários, mas o Éder Aleixo do Galo e o Ronaldo Fenômeno, com 17 anos, na época em que eu estava no Democrata.
Qual o melhor jogador, aquele que dá para chamar de craque, que jogou com você? Ramon Meneses
E no time adversário? Zico, Ronaldo Fenômeno e Marcelinho Carioca
 Melhor Técnico: Ênio Andrade
 Melhor Gramado: Maracanã (RJ), Serra Dourada (GO), Beira-Rio (RS), Olímpico (RS), Mineirão (MG), entre outros.
Foi difícil parar de jogar? Muito, chorei demais
Era a hora de parar? Ou dava para ter continuado? Eu tinha muitos problemas de contusão no joelho, não dava mais
Quando e onde foi o seu último jogo? Em 1995, Democrata – SL (MG) X América (MG)
O que o futebol lhe ensinou? Ser um homem lutador, que jamais entrega os pontos
Durante a carreira, você pensou em desitir? Sim, muitas vezes
Se tivesse a chance de voltar, de recomeçar, teria sido outra vez jogador? Sim, Não me vejo fazendo outra coisa e por isso sou treinador de futebol
Qual o conselho que você deixa para quem está começando agora com o futebol? Que não desista na primeira derrota, pois para ser jogador tem que ter muita personalidade
No mais, estamos encerrando nossa conversa, grato por sua atenção, você tem mais alguma coisa a falar, que eu tenha esquecido de perguntar? Não

Grande Abraço e sucesso em sua carreira como treinador!

Ficha do Atleta

Alencar Apelido: Alencar
Nome: Macylon Alencar Viana
Data Nasc: 09/01/1971
Local Nasc: , Ipatinga, MGBrasil
Posição: Volante
ID CBF: 117529
1982-1988 Cruzeiro (Belo Horizonte, MG) Cruzeiro (MG) (Categoria de Base)
1988-1990 América (Rio de Janeiro, RJ) América (RJ)
1990-1991 Villa Nova (Nova Lima, MG) Villa Nova (MG)
1991-1993 Anapolina (Anápolis, GO) Anapolina (GO)
1993 Destroyers (Santa Cruz de la Sierra, BOL) Destroyers (BOL)
1993-1995 Democrata (Sete Lagoas, MG) Democrata – SL (MG)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: